Você já arriscou alguma vez para cambiar sua vida?

imagem do autor que é um homem careca que usa óculos e veste uma blusa de cor vermelhoAutor: C. López

Oi pessoal! A pergunta deste cabeçalho é bastante insinuante, pois do jeito que os
acontecimentos desenvolvem ao nosso redor, é necessário perguntarmos, você já arriscou alguma vez para cambiar sua vida?

Isso porque a Crise Econômica há muito está mexendo com nossas vidas, se infiltrou de cheio nelas.

Sem pedir licença faz a maior bagunça, criando em cada um de nos uma serie de problemas, como podem ser:

  1. Dinheiro escasso no bolso
  2. Desemprego muito alto
  3. Angustia e desconfiança
  4. Medo e insegurança
  5. Estresse permanente
  6. Não há mais sossego
  7. Problemas familiares

E pensa que isto tudo não é exagero e nem nada disso não. Vamos “descascar” em detalhe estes pontos.

1. Dinheiro escasso no bolso

Bom! Se algum de vocês tiver dinheiro sobrando no bolso, da um alo que rapidinho encostarei para pegar esse excesso.

A situação normal é a contraria que dizer, todos estão passando certo aperto, e grana é o que não sobra.

Caso alguém esteja com dinheiro saindo pelo ladrão, peço o favor de levantar a mão para a comunidade conhecer você.

Mas será que, você já arriscou alguma vez para cambiar sua vida? É a opção ao dinheiro escasso no bolso.

2. Desemprego muito alto

O reflexo imediato de toda situação de crise é que as empresas costumam cortar postos de trabalho. Isso virou prática comum.

Como conseqüência os Indicadores de desemprego se encontram “em números vermelhos”, e todos os alarmes estão gritando, pedindo socorro!

E tomara que você, caro leitor tenha a felicidade, de não formar parte dessa desastrosa estatística.

Mas se infelizmente você estiver desempregado te pergunto: Você já arriscou alguma vez para cambiar sua vida?

Por exemplo, ter-se reciclado profissionalmente, para ter melhores e maiores possibilidades de arranjar emprego?

Também criar seu próprio negócio na Internet, de forma paralela com seu atual emprego, ate conseguir que seu empreendimento seja auto-suficiente.

3. Angustia e desconfiança

Quando essa crise que envolve a Sociedade vai ficando mais e mais deteriorada, acaba minando a moral da população.

Essa situação cria pressão psicológica, em todas as pessoas que acabam vivendo com angustia e desconfiança, com receio de perder o emprego de uma hora para outra.

A forma de escapar a essa situação passa por arriscar entanto há tempo, e planejar alternativas e se antecipar aos acontecimentos.

Assim chega a hora de te perguntar, você já arriscou alguma vez para cambiar sua vida?

4. Medo e insegurança

Estas duas desagradáveis sensações psicológicas são geradas na forma de vida das pessoas pela crise que nos rodeia.

Medo a ter que enfrentar situações sobre as que não temos nenhum controle, pelo menos de forma aparente.

Insegurança pela falta de conhecimento do que poderá acontecer em nossas vidas. Mas no final das contas, o que fazer?

Se quando aparentemente, as coisas estão “sob controle”, dedicamos um tempo a planejar nossa própria vida, procurarmos saídas.

Seria bem mais fácil conseguir driblar esses condicionantes que podem chegar a esmagar nossas vidas.

Por isso mesmo se pergunte: Você já arriscou alguma vez para cambiar sua vida?

Fique atento às novas mudanças e exigências do mercado de trabalho, ás tendências na vida das pessoas, as modas, aos gostos, etc.

Se forme de acordo a essas tendências, nova tecnologia, não deixe transcorrer sua vida como se sua existência estiver “garantida”.

5. Estresse permanente

Você concorda comigo em que não existe nenhum garantia e nem forma de você ter controle total da sua vida?

Se responder sim então você certamente você sabe o que é viver com estresse mais ou menos permanente, não é?

Se você forma parte da Massa Trabalhadora que depende de um salário, sabe que é o jeito para ter estresse.

Por que tem que ser assim? Pois porque você não tem controle do seu amanhã, nem do seu salário, e nem de ser ou não demitido, etc.

Existe muita pressão psicológica sobre você, seu chefe exige sempre mais. Você sente que está “engolido” no trabalho.

Eis aí seu estresse, que lhe impede de pensar direito, de procurar uma saída para tomar controle de sua vida.

Aí é obrigatório te perguntar: Você já arriscou alguma vez para cambiar sua vida?

6. Não há mais sossego

Conseqüência de viver com estresse, insegurança, medo, não ter controle de sua própria vida, é a falta de sossego.

Você já não consegue centrar seus pensamentos nem meditar direito, para achar uma alternativa a essa situação.

Sente que é preciso arranjar uma solução que te permita viver com sossego, e ganhar o controle da tua vida.

Isso somente vai conseguir planejando as coisas com tempo, se formando corretamente, para conseguir independência financeira.

Assim é obrigatório parar e te perguntares: Você já arriscou alguma vez para cambiar sua vida?

7. Problemas familiares

O pior que pode acontecer na vida e acreditar que podemos viver de ilusão. Fechar nossa mente isolarmos à realidade.

Quando sentimos insegurança, medo estresse, falta o sossego, dinheiro escasso, receio de ser demitido… Começam os problemas familiares.

Por qualquer tolice sem maior importância, “salta a faísca” e brota a discussão dando origem aos problemas familiares.

O pior é que essas discussões familiares acentuam mais os problemas que pressionam a vida das pessoas.

Assim é muito importante parar te perguntares: Você já arriscou alguma vez para cambiar sua vida?

É uma boa prática que vai te ajudar muito, a encontrar um caminho para sair dessa “corrida de ratos” em que você vive.

Espero que este artigo tenha sido de utilidade e ajudado você a se planejar com tempo, para conseguir melhorar sua vida.

Deixe seu comentário abaixo e terei prazer em responder pessoalmente. Grande abraço.

Caso você queira receber minhas publicações, dicas e news letter, por favor, se inscreva clicando no botão abaixo.

Seus Dados Estão 100% Seguros. Nos Não Gostamos de Spam. Ver a Política de Privacidade